fbpx
Mundo Pop

Lorde e seu poder solar

Esqueça tudo o que você já ouviu da carreira da Lorde. Abandonando a persona solitária e depressiva com baladas minimalistas e eletrônicas, a cantora neozelandesa quebrou o hiato de quase cinco anos sem gravar com uma sonoridade alto-astral: seu terceiro álbum, lançado este mês, chama-se “Solar Power”.

Advertisements

Sim, a cantora aderiu de vez aos modelitos coloridos para enaltecer todo o seu amor pelas paisagens solares, com músicas que refletem não só o seu estado de espírito como os modismos da sociedade nos últimos anos – como a busca incessante por terapias milagrosas no mais recente vídeo de “Mood Ring”.

E se engana quem pensa que é tudo uma questão de marketing. Para mostrar que ela não está brincando nesse módulo viva a natureza, Lorde decidiu que seu disco não será lançado no formato CD: será apenas um papel cartão com fotos e um link para download do álbum. Oportunista? Nunca. Lorde é visionária desde que nos brindou com seu premiadíssimo “Pure Heroine”.

Capa do novo disco da Lorde (lançado apenas em vinil)

E mal a faixa-título “Solar Power” foi lançada, a base de fãs já se debruçou no vídeo, tentando achar easter eggs ou qualquer coisa que revelasse o que mais viria por aí. Pelo visto, podemos acender o incenso e esperar muitas canções good vibes. “Stoned at the Nail Saloon”, por exemplo, traz o featuring do ano: Clairo e Phoebe Bridgers nos backing vocals dessa balada simples sobre momentos de descontração dentro de um salão de manicure. Já “Mood Ring” fala abertamente sobre terapias descartáveis e fórmulas mágicas que só contribuem para nos afastar do nosso verdadeiro “eu”: taí o motivo para ela ter gravado o clipe com uma peruca loira (que muita gente condenou sem entender).

Comparação polêmica entre Lorde e….George Michael!

Uma artista mundial do peso de Lorde não passa sem uma polêmica, não é mesmo? Pois, vocês acreditam que o primeiro single “Solar Power” foi acusado de plágio? De fato a música lembra bastante o hit “Freedom” do saudoso George Michael, mas, cá entre nós, que interesse Lorde teria para ripar a obra de outro artista? Em recente entrevista, Lorde afirmou que está rica, tem dinheiro para tudo que ela quer fazer, então não dá pra inferir que ela teve qualquer tipo de interesse comercial…Mas o impasse terminou com paz e amor: a família do cantor admitiu publicamente que se sentiu lisonjeada pelo que chamaram de “homenagem” feita por Lorde ao ex-vocalista do WHAM!

Assista ao clipe de “Mood Ring” em que uma Lorde loira critica as fórmulas mágicas para encarar a vida:

Mais sobre Lorde:

Lorde, apelido de Ella Marija Lani Yelich-O’Connor, (nascida em 7 de novembro de 1996, Takapuna, Nova Zelândia), cantora e compositora neozelandesa que era conhecida por letras que exibiam uma visão de mundo madura. Yelich-O’Connor foi criada nos subúrbios de Auckland e demonstrou talento para apresentações públicas desde cedo. Tem 3 álbuns lançados: “Pure Heroine”, “Melodrama” e “Solar Power”, tendo vencido diversos Grammys por sua obra.

E você, também é fã da Lorde? O que achou do novo trabalho dessa cantora? Conta tudo para nós aí nos comentários!

Quem se inscreve fica por dentro primeiro
Inscreva-se agora, e faça parte da lista vip

Ao se inscrever, você receberá conteúdos exclusivos, em primeira mão, podendo ainda concorrer a prêmios e receber vouchers e cupons que você encontra só aqui com a gente na reStyle. Vamos nessa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

bsNh94tQSkWzQ3cDL